/

Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Segunda vítima da explosão de botijão de gás morre em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 9/03/2016

gas

Jornal na Net Técnicos da Cetesb vistoriaram o local e afirmaram  que também há tubulação de gás embaixo da casa que explodiu.

Uma outra vítima morreu em consequência de uma explosão de gás, que destruiu uma casa  no começo desta quarta feira, 9, Rua Carlos Grott, no Jardim Vila Sônia, em Taboão da Serra. A primeira vítima, uma jovem de 22 anos, morreu no local da explosão depois de ser soterrada por um laje que desabou no imóvel.

Centenas de curiosos e equipes de Bombeiros e Defesa Civil permanecem no local da tragédia. Ainda não se sabe ao certo como a explosão aconteceu. O acidente chocou os moradores e vizinhos da região.
A segunda vítima morta, Maria Edilzia, teve duas paradas cardíacas e morreu no Pronto Socorro Antena, em Taboão da Serra, pouco tempo depois de ser socorrida.

Segundo os bombeiros, as vítimas foram retiradas dos escombros, uma delas com 90% do corpo queimado que foi levada ao Hospital das Clínicas, em São Paulo. É grave o estado de saúde dessa vítima que foi socorrida pelo helicoptero Aguia da Polícia Militar.

A Defesa Civil avalia se os imóveis no entorno da casa destruída serão interditados. Segundo avaliação preliminar dos bombeiros, houve vazamento no botijão de gás. 

Técnicos da Cetesb vistoriaram o local e afirmaram  que também há tubulação de gás embaixo da casa que explodiu.

Veja aqui fotos do acontecido. 

Leia nota oficial da prefeitura de Taboão sobre a explosão 

A Prefeitura de Taboão da Serra informa que está dando todo o apoio às vítimas da explosão de gás, ocorridas no início da manhã desta terça-feira, 09 de março, na Rua Carlos Grotte, na Vila Sônia do Taboão. A residência ficava em uma área pública e não era regularizada.

As equipes da Defesa Civil e da Secretaria de Manutenção foram as primeiras a chegar ao local e logo isolaram a área. Ao todo quatro pessoas foram soterradas, e, infelizmente duas delas faleceram, sendo uma no local e outra, Sra. Maria Edilza, após sofrer parada cardíaca. Ela chegou a ser socorrida e encaminhada ao Pronto Socorro Municipal, porém não resistiu aos ferimentos. Franciele Costa e Silva, também foi encaminhada ao Pronto Socorro Municipal e segue internada em estado grave. A quarta vítima foi encaminhada ao Hospital das Clínicas.

Após o termino dos trabalhos tanto, da Perícia, quanto do Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil fará a demolição de uma parede que ameaça desabar. As equipes da Secretaria de Assistência Social também estão no local para dar apoio.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.