Vereador propõe rodízio de veículos de SP para aliviar trânsito de Itapecerica

Por | 24/02/2013

A cidade de Itapecerica da Serra no horário de pico vira um caos. É o que dizem e reclamam os motoristas e moradores da cidade. O acúmulo de carros se estende por longas filas, as ruas pequenas, projetadas quando a cidade não contava com tantos moradores e facilidade para comprar veículos são os principais fatores para o trânsito lento e por muitas vezes parado.

O vereador Cléber Bernardes defendeu na sessão da última terça-feira (19) a criação de um rodízio municipal de veículos que não sejam da cidade de Itapecerica. Como justificativa ele afirmou que cerca de 30% do trânsito é causado por veículos de fora do município. “O trânsito na cidade chegou a um gargalo quase que insuportável”, afirmou.

Bernardes chegou a lembrar que depois do Rodoanel, a avenida XV de Novembro e Estrada de Itapecerica viraram os principais caminhos utilizados pelos motoristas e abriu a discussão sobre a necessidade da construção da alça de acesso do Rodoanel, já debatida inúmeras vezes pelos vereadores da última legislatura.

O vereador defendeu ainda a necessidade de uma discussão com o DENIT, sobre a criação de uma alça de acesso no Rampas (Rodovia Régis Bittencourt), a reportagem apurou que o local receberá somente uma passarela, já em construção. “Nós não podemos deixar que a cidade seja vista como almoxarifado do Estado: tudo que seja inviável seja empurrado para a cidade”, frisou.

Os vereadores Hernandes (PT), Sangbom (PDT), Jonas Feijó (PSD) e Trolesi (PTB) também defenderam melhorias para o trânsito. Cobraram as obras no Rampas e defenderam uma mobilização popular. “Não vejo outra saída para o trânsito a não ser uma mobilização popular para resolver o problema”, disse o vereador Trolesi.

Comentários