Transporte alternativo não tem autorização para circular, afirma secretário da pasta

Por | 11/01/2013

A Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana de Taboão da Serra quebrou o silêncio e se colocou contra o transporte alternativo da cidade, na manhã desta sexta-feira (11) por meio de uma nota oficial ao Jornal na Net. A categoria paralisou suas atividades na última quinta, devido a apreensão de um veículo, próximo a base da GCM, no Intercap – relembre aqui.

De acordo com o secretário da pasta, Rinaldo Tacolla Filho, a fiscalização de funcionários da pasta com apoio da Guarda Municipal, que aconteceu durante toda a última quinta, nas ruas da cidade, é rotineira na parte da manhã e tarde desde a primeira sexta-feira do ano, dia 4. 

“Essa operação é para inibir e proibir a circulação desse transporte alternativo, que não está autorizado a circular no município”, afirma a nota. Ainda segundo a nota, o veículo foi apreendido por não ter a autorização para circular e, além disso, o condutor estava sem carteira de habilitação.

Por fim, a nota frisa que o secretário ainda está em processo de transição e assim que tomar conhecimento de toda a situação pretende falar sobre o assunto em questão.

Os perueiros recorreram à Justiça para continuar trabalhando, mas ainda não obtiveram resposta. Eles juntaram no auto do processo a última apreensão, também. “O objetivo é pedir que a justiça considere uma liminar antecipada para que nós continuemos trabalhando”, disse. A justiça da cidade já notificou a prefeitura municipal a fim de que o órgão dê maiores explicações sobre a proibição do transporte alternativo municipal.

Comentários