Mulher suspeita de liderar célula de facção criminosa em Pedro II é presa em Taboão da Serra

Por Outro autor | 7/06/2024

Uma mulher suspeita de chefiar uma célula de uma organização criminosa na cidade de Pedro II foi presa na cidade de Taboão da Serra.

Segundo o delegado Charles Pessoa, coordenador do Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), ela fugiu para SP depois da operação que aconteceu em Pedro II às vésperas do Festival de Inverno, no dia 29 maio, para combater o tráfico de drogas na cidade.

Ela passou a liderar a organização criminosa após a prisão, em abril, de um homem que anteriormente chefiava a organização. Ela não tinha nenhuma relação de parentesco com o antigo líder, e ficou no comando por sua atuação no crime.

 

A mulher tinha um posto de comando em Pedro II, e teria participado de decisões a respeito de homicídios ocorridos na região. Ela deve responder pelos crimes de tráfico de drogas, organização criminosa e homicídio.

Ela foi presa pela Polícia Militar de São Paulo, e encaminhada para uma penitenciária do estado, onde fica a disposição da Justiça.

Comentários