Governo de SP prorroga vacinação contra gripe até final de junho

Por Outro autor | 4/06/2024

O governo de São Paulo anunciou, nesta segunda-feira (3), a prorrogação da vacinação contra influenza, vírus causador da gripe. Qualquer pessoa acima de 6 meses pode se imunizar contra a doença nos 645 municípios do estado.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, entre março e maio deste ano, somente 29,7% dos grupos prioritários - que abrangem crianças entre 6 meses e 6 anos, gestantes, puérperas, professores do ensino básico, idosos, dentro outros - foram vacinados.

Para se vacinar, basta comparecer à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa.

Com a ampliação da vacinação, o objetivo da pasta é que a cobertura vacinal da população de todo o estado aumente.

Segundo a diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), Tatiana Lang D’Agostini, em 2023, foi registrada uma cobertura de 53% em todo o estado. “A meta para essa campanha é que ela supere os números do ano anterior, fazendo com que o máximo de pessoas estejam imunizadas”, acrescentou.

O governo reforça que o período entre o outono e o inverno favorece o aumento dos casos de gripe e as suas complicações devido às condições climáticas e de maior circulação do vírus.

Por isso, a pasta orienta que a imunização seja realizada anualmente, anteriormente à chegada do inverno, para que os anticorpos gerem a proteção necessária o quanto antes.

 

Vacinação na capital

 

Na cidade de São Paulo, a vacinação para todas as idades acontece desde 2 de maio.

A imunização está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 7h às 19h, e nas Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas, que seguem em horário estendido, até as 22h. É possível encontrar a unidade mais próxima por meio da plataforma Busca Saúde.

Comentários