Corpus Christi é fé, arte e comunidade nas ruas

Por Da Redação do Jornal na Net | 30/05/2024

No feriado de Corpus Christi, ruas de cidades por todo o Brasil se transformam em verdadeiras obras de arte ao ar livre. A tradição de confeccionar tapetes coloridos, com temas religiosos, une a comunidade em um esforço conjunto que celebra a fé e a fraternidade. Com materiais simples, como serragem colorida e borra de café, os fiéis acordam cedo para preparar o cenário da procissão e da missa, em uma demonstração de devoção e criatividade.

 

Corpus Christi, expressão latina que significa "Corpo de Cristo", é uma festa católica que celebra a presença de Jesus Cristo na Eucaristia. Instituída pelo Papa Urbano IV em 1264, a data busca reafirmar a crença na transubstanciação, o dogma que afirma que o pão e o vinho consagrados durante a missa se transformam no corpo e sangue de Cristo.

 

Desde as primeiras horas do dia, moradores de todas as idades se reúnem para criar tapetes de serragem, areia colorida, folhas, e outros materiais. O trabalho é árduo, mas a recompensa vem na forma de uma procissão que percorre essas vias decoradas, guiando os fiéis até a missa solene.

 

"É cansativo, mas é uma forma de mostrar nossa fé e nossa união como comunidade", disse um dos fiéis enquanto trabalhava na confecção do tapete no Jd. Vazame.

 

A confecção dos tapetes é mais do que um ato de fé; é uma oportunidade para estreitar laços. Em muitas cidades, a preparação começa semanas antes, com reuniões para decidir os desenhos e a logística do evento. Famílias inteiras se envolvem, e é comum ver avós, pais e filhos trabalhando lado a lado.

 

O senhor Francisco, que já estava na igreja de Todos os Santos, no Jd. Santa Emília, esperando a missa começar, disse: "O tapete é bonito, mas o mais bonito é ver a comunidade unida."

 

Quando a procissão começa, a sensação de dever cumprido é palpável. O sacerdote, carregando a hóstia consagrada em um ostensório, passa pelos tapetes sob os olhares emocionados dos fiéis. A celebração culmina na missa, onde a comunhão simboliza a união de Cristo com sua igreja.

 

Além do sentido religioso, Corpus Christi é um evento que fortalece a coesão social. Em um mundo cada vez mais individualista, a colaboração comunitária para criar algo belo e significativo é uma lição valiosa. Para muitos, é um lembrete de que a fé não é apenas uma questão de crença, mas também de ação e solidariedade.

 

Corpus Christi é uma data que transcende o religioso, promovendo valores de união e colaboração. Em cada grão de serragem colorida e em cada flor delicadamente colocada, há um testemunho de fé e amor ao próximo. A tradição dos tapetes é mais do que uma herança cultural; é uma celebração viva da comunidade, da arte e da espiritualidade, lembrando a todos que, juntos, podem criar algo verdadeiramente extraordinário.

 

Comentários