Governo adia Concurso Unificado por causa das chuvas no RS

Por Outro autor | 3/05/2024

Tragédia no estado sulista adia "Enem dos Concursos", que estava marcado para este domingo (5)

O governo federal vai adiar o Concurso Público Nacional Unificado  (CNU), conhecido como "Enem dos Concursos", que estava marcado para este domingo (5). A decisão tem relação com a tragédia que acontece no Rio Grande do Sul, onde 37 pessoas morreram e mais de 24 mil estão desabrigadas ou desalojadas por causa dos temporais que atingem a região . A informação foi confirmada pela jornalista Vera Magalhães, do O Globo. O anúncio oficial será feito às 15 horas desta sexta-feira (3).

A medida afeta os inscritos em todo o país. Isto porque, como não existe um banco de provas disponível do CNU, o governo temia que provas aplicadas no Rio Grande do Sul pudessem ter dificuldade diferente, abrindo brecha para judicialização. 

Até a última quinta-feira (2), a decisão do  Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos era de manter a realização da prova. Em nota, a pasta afirmou que faria o máximo esforço para levar os afetados pelas chuvas no  Rio Grande do Sul para os locais de provas.

Nesta sexta, porém, governo federal atendeu ao pedido do governador  Eduardo Leite (PSDB), do Rio Grande do Sul, para remarcar a prova. Ainda não há uma nova data definida. 

Ao todo, mais de 2 milhões de pessoas serão impactadas com a alteração da data. Esta é a primeira edição do "Enem dos Concursos", que permite a inscrição de pessoas de todo o Brasil. Ao todo, o governo federal oferece 6.640 vagas para 21 órgãos. Os salários variam de R$ 4.008,24 a até R$ 22.921,71.

 

 

Comentários