Com aumento de 19% no valor dos ovos de Páscoa, consumidores buscam novas alternativas para presentear

Por Natália Bassi | 14/04/2022

Com a chegada da Páscoa, é natural que as pessoas se preparem para ir às compras em busca dos ovos de chocolate para presentear. No entanto, com o aumento de 19% no valor do produto, o que se tem visto, ao contrário de anos anteriores, são prateleiras ainda cheias e não vazias. Em 2022, os consumidores têm procurado alternativas mais econômicas para não deixar a data passar despercebida. Alguns estão optando por fazer doces caseiros, enquanto outros, que às vezes não possuem tanta aptidão na cozinha, procurando por microempreendedores que vendam os quitutes mais em conta do que as grandes marcas. Há também aqueles que continuarão comprando os ovos nos mercados e lojas conhecidas, mas irão optar por produtos bem menores.

Fátima Lopes, que conversou com a reportagem do Jornal Na Net, é um desses exemplos. Moradora de Taboão da Serra, ela contou que diferente das últimas Páscoas, onde ela comprava ovos para a família inteira, neste ano ela entregará lembranças somente para os que moram na sua casa.

“Sempre comprei ovos de Páscoa para os meus filhos e todos os sobrinhos. Neste ano, não farei isso. O preço dos ovos subiu de forma considerável”, contou.

A dona de casa, que gosta de cozinhar e tem aptidão principalmente para doces, decidiu fazer tudo em casa.

“Decidi neste ano fazer doces caseiros para dar de Páscoa aos meus filhos, marido e genro. Fiz pão de mel, brownie, brigadeiros e pipoca de leite ninho. Como as receitas são grandes, elas rendem bastante e permitem que eu presenteie 4 pessoas. Colocando na ponta do lápis, foi uma opção bem mais econômica e até mesmo saborosa. Acho que quando você própria produz a lembrança, o presente fica mais cheio de amor. Eu pretendo adotar isso para os próximos anos”, relatou.

Além disso, Fatima pontuou algo que é bastante visível nas etiquetas. Os ovos de Páscoa, apesar de às vezes terem o mesmo peso de uma barra, custam muito mais.

“Fui fazer a comparação de quanto saía um ovo de 1kg e quanto saía uma barra do mesmo peso, me espantei. A diferença é muito grande. Fora que com uma barra, eu consigo fazer várias receitas. O ovo não dá pra dividir pra várias pessoas”, pontuou Fátima.

De acordo com um levantamento feito pelo Procon-SP, o quilo do ovo de Páscoa custa, por vezes, quase três vezes mais do que a mesma quantidade de chocolate em barra. Além disso, caso o produto seja destinado às crianças e venha com brinde, o valor pode ser cinco vezes mais caro.

Comentários