Máscaras continuam obrigatórias em serviços de saúde; farmácias estão no segmento

Por Natália Bassi | 25/03/2022

Apesar da liberação do uso de máscaras em ambientes abertos e também fechados por parte do Governo do Estado de São Paulo, alguns locais mantém a restrição. Além do transporte, a obrigatoriedade também se aplica em unidades de saúde. No entanto, isso não se refere somente a hospitais, laboratórios e Unidades Básicas de Saúde (UBS). Farmácias também fazem parte do grupo.

Andando por Taboão da Serra e entrando nesses estabelecimentos, principalmente os que fazem parte de grandes redes, é possível ver avisos colados nos caixas e também na área de atendimento pedindo que os clientes utilizem a máscara de proteção.

Em uma Drogasil, localizada perto da Câmara Municipal, um lembrete do Conselho Regional de Farmácias (CRF) alerta quem entrar no local.

“O Decreto Estadual nº66.575, publicado hoje (17/03/2022), em São Paulo, mantém a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais destinados à prestação de serviços à saúde. O que inclui as farmácias e drogarias”, diz.

O uso de máscaras foi liberado em todo o estado após os índices da pandemia apresentarem uma melhora significativa.

Comentários