Governo de SP estuda liberar o uso de máscaras em locais fechados

Por Natália Bassi | 10/03/2022

Após o anúncio da liberação do uso de máscaras em locais abertos, o Governo do Estado de São Paulo analisará, nas duas próximas semanas, se existe a possibilidade de desobrigar a proteção facial também em espaços fechados.

De acordo com o governador João Doria (PSDB) essa resposta só virá depois de análises que indicarão a situação dos casos, internações e óbitos em decorrência do coronavírus. Caso os apontamentos sejam positivos e apresentem queda, há probabilidade do uso de máscaras em locais fechados não ser mais obrigatório. 

"Essa é uma análise que está sendo feita de forma muito dedicada ao longo das duas próximas semanas. Havendo continuidade dos bons resultados que estamos obtendo aqui em São Paulo, a queda do número de internações e óbitos, e do aumento extraordinário da vacinação de crianças e adultos, podemos antes do final deste mês de março anunciar a liberação completa do uso de máscaras", disse Doria.

Já o coordenador-executivo do Comitê Científico, João Gabbardo, esclareceu que a flexibilização do uso de máscaras em locais abertos aconteceu primeiro por conta das “evidências científicas que demonstram que a possibilidade de transmissão da doença em ambientes fechados é muito superior à possibilidade de transmissão em ambientes abertos”. 

 

Comentários