Taboão da Serra completa 63 anos de emancipação político-administrativa neste sábado, 19

Por Natália Bassi | 19/02/2022

Taboão da Serra completa 63 anos de emancipação político-administrativa neste sábado, 19. Apesar de tão jovem, a cidade feita de gente acolhedora e guerreira, tem muita história pra contar. Taboão, com seus 20,38 km² de extensão, possui mais de 297.528 moradores. Tal panorama fez com que ela fosse considerada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) a cidade de maior adensamento populacional de todo o Brasil. Em cada km² de extensão do município, cerca de 14 mil habitantes moram. Por esse motivo é possível afirmar que Taboão é feita de milhares de exemplos. Ela é construída dia após dia pelos seus moradores que vão à luta.

Cidade irmã de Embu das Artes, Taboão da Serra conquistou sua emancipação em 1959, no mesmo ano que o município vizinho. Antes, ela era considerada um distrito de Itapecerica da Serra e possuía menos de 10 mil habitantes. Sua população tinha como base de sobrevivência a agricultura, já que com campos verdes, essa era a principal atividade econômica da década.

Dizem os antigos, inclusive, que a estrutura na época era tão pouca, que se fazia necessário atravessar duas pontes de madeira para chegar em Taboão. Foi a partir disso que o seu nome teria surgido.

Passados 63 anos, tudo mudou naquela que antes era considerada apenas um pequeno distrito. A cidade se desenvolveu, fincou as suas particularidades e virou lar de milhares de pessoas que encontraram nela uma mãe capaz de acolher, abraçar e dar novas oportunidades.

Ganhou comércios, indústrias, conglomerado de prédios, casas, avenidas, um shopping que leva o seu nome, Bom Prato, Poupatempo, Etec, Arena Multiuso, Corpo de Bombeiros, o Cristo Redentor do Pazzine, uma praça na entrada da cidade.

Ficou conhecida pela representatividade feminina na política, afinal, foi nela que Laurita Ortega Mari, a primeira mulher prefeita do Brasil, foi eleita.

Levou sua manifestação cultural ao conhecimento do país com coletivos que fazem da arte sua motivação para existir e resistir.

Virou pauta no mundo esportivo com tantas conquistas do time feminino de Futsal. Tendo, inclusive, Cris Souza, a técnica da equipe, escolhida como a melhor treinadora do mundo.

Viu alguns dos seus talentos alcançarem patamares que ainda não tinham sido vistos, como a cantora Marta Souza e a pequena Luísa Martins que emocionaram o público na competição The Voice Brasil da Rede Globo.

Com um adensamento populacional tão grande, os desafios de uma cidade tão jovem também aparecem e se fazem presentes na saúde, mobilidade urbana, educação, infraestrutura, segurança e habitação. No entanto, essa não é uma questão que se restringe somente a Taboão, já que qualquer cidade com um crescimento tão notável nos últimos 63 anos, passaria por isso.

A verdade é que Taboão tem muita história para contar e também para ainda viver, deixando em sua trajetória, marcas que nem o tempo será capaz de apagar.

Comentários