PF deflagra operação de combate a corrupção no INSS de Taboão da Serra

Por Natália Bassi | 2/02/2022

A Polícia Federal (PF) deflagrou na terça-feira (01) a Operação Taboão, na cidade de São Paulo e em Taboão da Serra, para combater um esquema de corrupção que acontecia dentro de uma agência da Previdência Social. De acordo com a PF, um funcionário se valia do cargo público para obter vantagem indevida e acelerar o processo do pagamento do benefício. Tudo isso acontecia com a ajuda de outras pessoas, que agenciavam para o segurado o requerimento do benefício para que o próprio funcionário concedesse. Após a análise favorável, ambos dividiam os valores cobrados a título de honorários.

Ao todo, três mandados de busca e apreensão, sendo dois nas casas dos investigados e um na agência da Previdência Social foram cumpridos.

A ação contou com a participação de 15 policiais federais e tiveram o apoio do Núcleo de Inteligência da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT) do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) e com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Os acusados responderão por crime de corrupção passiva e violação de sigilo funcional. Se condenados, podem pegar até 12 anos de prisão.

Comentários