De acordo com a prefeitura, média de internados com covid-19 na Upa Akira Tada dobrou nas duas últimas semanas

Por Natália Bassi | 27/01/2022

Apesar do número de mortes de pessoas infectadas com o novo coronavírus em Taboão da Serra não ter aumentado gradativamente nas duas últimas semanas, a situação dos leitos hospitalares destinados aos pacientes com Covid-19 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Akira Tada já não é a mais a mesma. Nos últimos 15 dias, de acordo com a prefeitura, o número de internações em razão da doença praticamente dobrou. Em resposta ao questionamento da reportagem do Jornal Na Net, a administração municipal afirmou que a média de internações subiu consideravelmente nos últimos dias.

Entre os dias 11 e 18 de janeiro, a média era de 07 pacientes internados no local com a doença. Já entre 19 e 25 de janeiro, esse número subiu para 15.

Em última atualização do boletim epidemiológico elaborado pelo Comitê de Combate a Covid-19, enviado para o Jornal Na Net na tarde de quarta-feira (26), 19 pessoas recebiam cuidados médicos na UPA Akira Tada.

O aumento gradativo das internações se deve a nova variante Ômicron, que já é a maior responsável pelas infecções no país. Com maior potencial de transmissão, ela se alastrou rapidamente por todo o Brasil.

Comentários