Prefeitura de São Paulo cancela carnaval de rua; desfiles das escolas de samba irão acontecer

Por Natália Bassi | 6/01/2022

A prefeitura de São Paulo, após reunião com a Vigilância Sanitária da cidade, decidiu cancelar o carnaval de rua em virtude do aumento de casos de coronavírus e a alta transmissividade da variante Ômicron. Apesar disso, os desfiles das escolas de samba no Sambódromo do Anhembi estão mantidos e devem acontecer nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro. A Liga das Escolas se reunirá com representantes da prefeitura e deverá adotar protocolos sanitários

“Por conta da situação epidemiológica está cancelado o carnaval de rua de São Paulo. Nós vamos sentar com a Liga das Escolas de Samba para combinar um protocolo para a realização dos desfiles no sambódromo. Caso eles aceitem os protocolos, os desfiles serão mantidos", disse o prefeito Ricardo Nunes (MDB).

Em 30 de dezembro, a prefeitura tinha autorizado 696 blocos no carnaval da cidade. No entanto, nesta semana, 32 blocos cancelaram ao menos 41 desfiles e associações informaram que não participariam do evento mesmo que o mesmo fosse autorizado pela administração municipal.

Comentários