Escola Municipal de Artes de Taboão da Serra levará o nome da cantora Marília Mendonça

Por Natália Bassi | 9/11/2021

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou nesta terça-feira (09), por unanimidade, o Projeto de Lei (PL) do vereador Enfermeiro Rodney (PSD) e subscrito por todos os vereadores, que concede o nome da cantora Marília Mendonça à Escola Municipal de Artes que será inaugurada no início de 2022 no Parque das Hortênsias. Marília Mendonça, um dos maiores nomes e vozes do feminejo, faleceu em um trágico acidente de avião em Minas Gerais na última sexta-feira (05). A morte precoce da artista causou comoção em todo o Brasil e motivou a homenagem por parte do Executivo e do Legislativo taboanense.

O autor do projeto, vereador Enfermeiro Rodney, salientou que a homenagem, aprovada por todo colegiado, faz jus a história e carreira que Marília trilhou.

“Uma grande artista e uma grande brasileira. Ela será eternizada em nossa cidade e em breve, estarei levando esse projeto de lei ao conhecimento da mãe dela. Tudo que ela fez pelo Brasil será lembrado para sempre em nossa cidade”, falou Rodney.

O vereador Dr. Ronaldo Onishi (DC) em tribuna reforçou que o nome de Marília Mendonça será dado a um dos equipamentos mais importantes da cidade e que o seu legado jamais será esquecido.

“Isso é um tributo que a Câmara Municipal de Taboão da Serra está fazendo para esse ícone da música popular brasileira. Esse fenômeno que foi a Marília Mendonça. Ela será eterna em nossos corações porque deixou gravado o seu legado, o seu nome, a sua história não só no Brasil, mas no mundo. A Câmara Municipal fará essa homenagem em um dos melhores equipamentos que será instalado em nossa cidade”, disse Onishi.

O PL segue agora para sanção do prefeito de Taboão da Serra, José Aprígio (Podemos).

Escola Municipal de Artes

A Escola Municipal de Artes, que está sendo construída no Parque das Hortênsias, contará com com salas de dança, sala multiuso, sala de áudio/vídeo, elevador e banheiros. Além disso, no térreo terá área livre para realização de apresentações com espectadores. Também serão criadas vagas para estacionamento e baía de acesso na Rua Paulina Ortega.

O prédio terá mais de 1.500m² e será dividido em dois blocos interligados por passarela, com três pavimentos cada. No local serão oferecidas diversas atividades de dança, ballet, teatro, música e outras expressões artísticas.

Comentários