Taboão da Serra registra a triste marca de 900 vidas perdidas pela covid-19

Por Natália Bassi | 28/10/2021

Taboão da Serra chegou a uma triste marca na quarta-feira (27). Com praticamente um ano e oito meses de pandemia, a cidade já perdeu 900 vidas em razão do novo coronavírus. O dado foi divulgado pelo Comitê de Combate à Covid-19 após a morte de mais um homem e uma mulher. Somente uma vítima não apresentava comorbidades.

De acordo com a prefeitura, até o momento, 57.622 testes foram realizados. Destes, 41.043 apresentaram resultado negativo. Dos 16.578 moradores que testaram positivo para a doença, 16.678 se curaram.

A Secretaria de Saúde informou ainda que monitora um paciente que está recebendo cuidados médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Akira Tada.

 

Vítimas

As últimas duas vítimas da doença são pessoas com menos de 40 anos. Uma mulher de 19 anos diagnosticada com cirrose hepática é a mais nova. Já o homem, tinha 38 anos e não apresentava comorbidades.

Nenhum deles estavam internados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Akira Tada e todos recebiam cuidados em hospitais que não são localizados em Taboão.

Segundo informações do Comitê de Combate à Covid-19, as duas mortes aconteceram em agosto.

Vacinas

Taboão da Serra já aplicou, até o momento, 398.291 doses de vacina. Destas, 217.433 de primeira dose, 169.763 de segunda dose e 11.095 de reforço.

Comentários