Sistema Cantareira que abastece Taboão está com 37% da sua capacidade e corre risco de operar com volume morto nos próximos dias

Por Natália Bassi | 1/09/2021

O Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento das casas e comércios de Taboão da Serra, entrou em alerta após a sua capacidade de armazenamento chegar a 37%. Nos últimos 7 dias, a represa perdeu 0,70% do seu volume de água, o que corresponde a 98 milhões de litros.

Com a pouca quantidade de chuva no mês de agosto e sem previsão para os próximos dias de Setembro, a preocupação de um possível racionamento só aumenta. A crise hídrica já é considerada uma das piores já enfrentadas em todo o país nos últimos 91 anos.

Por enquanto, o reservatório opera com o índice 3, o que significa que o volume morto ainda não está em uso. No entanto, com 37% de capacidade, falta pouco para atingir 36,9%. A partir dessa porcentagem, a reserva técnica entrará em uso.

Comentários