GCM de Taboão apreende carga de 420 frangos estragados que seria entregue na própria cidade, Embu e Itapecerica

Por Natália Bassi | 25/08/2021

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Taboão da Serra apreendeu nesta quarta-feira (25), uma carga de 420 unidades de frangos estragados que seriam entregues em restaurantes de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, Capão Redondo, São Paulo e Grajaú. O motorista do caminhão e o dono do estabelecimento foram encaminhados ao 2ºDP e receberam voz de prisão.

Uma denúncia anônima levou os agentes da GCM até a rua Luís Antônio de Andrade Vieira, no Jardim Trianon. No entanto, até o momento da abordagem, acreditava-se que se tratava de uma ocorrência de roubo de carga.

Ao serem questionados sobre a origem do produto, o motorista e o dono do estabelecimento, onde os frangos estavam sendo descarregados, afirmaram que as aves congeladas vinham de um frigorífico de Minas Gerais. Os mesmos também apresentaram nota fiscal.

Apesar disso, o mau cheiro que vinha do caminhão chamou a atenção dos agentes durante a inspeção. Além das embalagens não terem a condição adequada para venda, o refrigerador do veículo também estava desligado. Diante disso, a Vigilância Sanitária da cidade foi acionada.

Ao chegarem no local, os profissionais constataram que as embalagens dos frangos não tinham rótulo e nem o selo de segurança exigidos por lei. Todas as 420 unidades, que seriam destinadas a restaurantes, estavam estragadas.

Os dois homens foram levados ao 2ºDP onde receberam voz de prisão. Eles responderão por crimes contra a ordem tributária, econômica e contra as relações de consumo.

Já a carga, após perícia técnica, foi considerada inutilizada pela Vigilância e foi descartada em um aterro sanitário.

Comentários