Vacinação contra à covid-19 deverá estar em dia para entrada em estabelecimentos na cidade de SP

Por Natália Bassi | 23/08/2021

Na cidade de São Paulo, nos próximos dias só poderá ter acesso aos estabelecimentos quem estiver vacinado contra à covid-19. De acordo com o prefeito Ricardo Nunes (MDB), um passaporte de vacinação será criado para que a população o apresente nos comércios. Só será autorizada a entrada de quem estiver com as duas doses em dia ou somente a primeira. No último caso, valerá somente se a data de aplicação da segunda não tiver chegado.

De acordo com Nunes, o principal objetivo dessa medida é estimular que as pessoas procurem os postos de vacinação para se imunizarem. O passaporte poderá ser feito em um aplicativo da prefeitura ou também com a apresentação do comprovante físico. O comerciante que desrespeitar o decreto e não exigir a comprovação de imunização, será multado.

“A pessoa baixa o aplicativo eSaúde e llá terá um QR Code com todas as informações: primeira dose, segunda dose, quando ela vai tomar ou deveria ter tomado. Se identificarmos que o estabelecimento não está exigindo ou que há pessoas no local que não se vacinaram, aplicaremos uma multa”, explicou o prefeito durante coletiva na manhã desta segunda (23).

O anúncio da medida deverá ser feito na próxima semana. O dispositivo Esaúde passa pelos últimos testes antes de entrar em vigor.

Comentários