Até 2022, a conta de luz pode ficar 16,7% mais cara

Por Natália Bassi | 17/08/2021

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que a conta de luz pode ficar 16,7% mais cara até 2022. A projeção vem por conta da pior crise hídrica que o país enfrenta nos últimos 91 anos com menos chuvas que o normal no período do inverno. Com isso, segundo a agência, o custo de produção de energia fica mais caro.

O superintendente de Gestão Tarifária da agência, Davi Antunes Lima, durante audiência pública da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados, que aconteceu na segunda-feira (16), afirmou que a Aneel estuda maneiras do impacto no bolso dos brasileiros ser um pouco menor. Caso as medidas consigam ser colocadas em prática, o aumento na conta seria de 10,73% em 2022.

No final de junho, a empresa reajustou em 52% o valor da bandeira tarifária vermelha. A cobrança de cada 100 kWh extra passou de R$ 6,24 para R$ 9,49.

Comentários