Centro de Valorização da Vida: o projeto que tem ajudado milhares de brasileiros com depressão

Por Natália Bassi | 7/07/2021

Com a pandemia e o isolamento social, os impactos na saúde mental de grande parte das pessoas foram visíveis. Um estudo feito pelo Fórum Econômico Mundial revelou que 53% dos brasileiros tiveram o bem-estar mental atingido nesse período. Além disso, 40% da população adulta começou a sentir tristeza com muito mais frequência do que antes e 50% notou níveis maiores de ansiedade e nervosismo durante o decorrer do dia. Esses três fatos aliados começaram a desencadear comportamentos mais depressivos nas pessoas. A falta de uma assistência psicológica e a escuta de profissionais da área podem ser um agravante para esse tipo de situação. Em Taboão da Serra, por exemplo, em menos de 15 dias, duas pessoas tentaram tirar a própria vida ao se pendurarem em viadutos e ameaçarem se jogar. O desespero, a falta de apoio e a tristeza iminente são sintomas que precisam ser tratados. Apesar disso, muitas pessoas que não possuem condições financeiras, acabam não procurando uma ajuda especializada por não saberem que existem serviços gratuitos. O Centro de Valorização da Vida (CVV), que já salvou milhares de brasileiros, é um deles.

O CVV foi criado muito antes da pandemia e vem há 59 anos amparando pacientes com depressão por meio da escuta e da acolhida. Com uma rede formada por voluntários que passam por um treinamento especializado, o centro não cobra absolutamente nada por seus serviços.

A pessoa que estiver precisando de ajuda pode contatar os voluntários via chat, site, telefone ou e-mail. O serviço presencial está suspenso por tempo indeterminado em razão da pandemia.

Ao acessar www.cvv.org.com, basta clicar na aba “Quero Conversar” e todas as opções de contato vão aparecer. A mais utilizada no momento é o Disque 188, que funciona todos os dias da semana, durante 24 horas. Já as demais ferramentas, possuem horário limitado de operacionalização.

Na conversa, a pessoa tem a sua identidade preservada e não receberá qualquer tipo de julgamento ou críticas. O intuito do projeto é somente ajudar e impedir que a depressão se estenda ao ponto da pessoa tirar a própria vida.

Se você estiver passando por uma situação semelhante ou conhece alguém que apresente os sintomas descritos na reportagem, procure o CVV. A ajuda especializada é essencial para aliviar a dor.

Serviços:

Site: www.cvv.org.com (e-mail e chat são solicitados neste endereço eletrônico)

Disque Ajuda: 188

Comentários