Prefeitura de Itapecerica afirma que das 6 doses de vacinas vencidas, duas foram digitadas erradas; município faz levantamento das demais

Por Natália Bassi | 5/07/2021

Após a repercussão da matéria do Jornal Folha de São Paulo, publicada na sexta-feira (02), sobre o uso de vacinas vencidas da fabricante Astrazeneca em diversas cidades do país, as prefeituras dos municípios vem se posicionando. Dessa vez, foi a de Itapecerica da Serra. A Autarquia Municipal de Saúde em resposta ao questionamento do Jornal Na Net, esclareceu que das 06 doses que apareceram na reportagem, duas não foram aplicadas na cidade. Já as outras quatro, estão em processo de apuração.

Confira a nota na íntegra:

“Com relação à matéria publicada no site Folha/Uol, nesta sexta feira, 02/07/21, referentes a aplicação de doses da vacina Astrazenca fora da validade, a Autarquia Municipal de Saúde informa que a equipe de Vigilância Epidemiológica do município de Itapecerica da Serra está fazendo um levantamento para verificar a procedência da informação. Até o momento já apuramos que ao menos 2 dos 6 casos citados na reportagem não procedem. Nesses dois casos o que ocorreu foi um erro de digitação do lote da vacina. Os demais casos ainda estão em processo de apuração.

Esclarecemos que cada frasco de vacina contém 10 doses. Dessa forma, é impossível que apenas uma pessoa em cada uma dessas unidades de saúde citadas tivessem recebido a vacina pertencente ao lote vencido”, diz a nota.

Comentários