Prefeitura de Taboão nega que houve aplicação de vacinas vencidas na população

Por Natália Bassi | 2/07/2021

Após levantamento feito pela Folha de São Paulo que indicou que Taboão da Serra aplicou 37 doses da vacina Astrazeneca vencidas, a prefeitura se posicionou e negou a afirmação. Em nota, foi esclarecido que um dos lotes que o portal indicou que teria sido aplicado em Taboão, não foi entregue à Secretaria de Saúde. A informação foi dada após um erro de digitação no portal VaciVida, onde foram incluídas 30 doses incorretamente.

Além disso, os imunizantes do lote 4120Z005 foram aplicados dentro do prazo de validade , mas acabaram sendo computados no sistema em data posterior. O erro operacional acabou causando a confusão.


Confira a nota na íntegra:

“Informamos que o lote CTMAV501 não foi recebido pela Secretaria de Saúde de Taboão da Serra. Entretanto, por erro de digitação no portal VaciVida foram incluídas 30 (trinta) doses incorretamente.

Com relação ao lote 4120Z005, este foi recebido pela Secretaria de Saúde de Taboão da Serra, na quantidade de 3.350 doses. Todos os imunizantes foram aplicados dentro da data de validade, que expirou em 14/04/2021. As 7 (sete) doses foram lançadas em sistema em data posterior ao dia da aplicação. Por equívoco operacional, foi inserido no portal VaciVida a data que estava sendo realizado o cadastro e não a data de aplicação das doses.

Em ambos os casos os dados já foram retificados no portal VaciVida”.

Comentários