Aneel aprova aumento de 52% da bandeira tarifária vermelha

Por Natália Bassi | 29/06/2021

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o aumento de 52% da bandeira tarifária. A partir de julho, 100 kWh consumidos passarão a custar R$ 9,49. O valor cobrado anteriormente era de R$ 6,24.

O aumento, segundo a Aneel, é resultado da dificuldade de geração de energia no país em tempos de seca. Com isso, as usinas térmicas, que são responsáveis pela produção da energia mais cara, precisarão ser acionadas.

A área técnica da Aneel vinha defendendo aumento de 84%, o que elevaria a taxa para R$ 11,50 por 100 kWh consumidos. No entanto, ele não foi aprovado por ser necessário uma mudança na metodologia de cálculo das bandeiras.

Apesar dessa medida ser rejeitada nesta terça-feira (29), um novo aumento durante o ano de 2021 não é descartado. Para isso, haverá uma consulta pública para debater as alterações de metodologia.


As bandeiras

A agência decidiu pela mudança apenas do valor da bandeira mais cara. As demais permanecem iguais. Veja o valor delas por 100 kWh consumidos:

Bandeira vermelha patamar 2 - R$ 9,49
Bandeira vermelha patamar 1 - R$ 4,169
Bandeira amarela - R$ 1,343
Bandeira verde - não há cobrança extra.

Comentários