Prefeito Ney Santos é absolvido de acusação de disparo em via pública

Por Natália Bassi | 23/06/2021

O prefeito da cidade de Embu das Artes, Ney Santos, foi absolvido de condenação em primeira instância na qual era acusado de efetuar disparos em via pública quando ainda era vereador. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) cassou a decisão após entender que o mesmo era inocente das acusações.

Ney Santos tinha sido condenado a dois anos e quatro meses de reclusão em regime aberto em maio de 2021 após supostamente ter feito disparos com arma de fogo em 18 de dezembro de 2015. Na época, a história defendida por quem o acusou, era de que o mesmo tinha se envolvido em uma briga com opositores políticos por conta de uma faixa. Um dos integrantes da outra equipe era lutador de artes marciais e partiu pra cima de Ney que revidou. Minutos após, o atual prefeito teria sacado uma arma e efetuado disparos na tentativa de intimidar o homem.

Ney Santos, que foi ouvido pela Justiça, confirmou ter se envolvido em uma discussão com a equipe adversária, mas negou ter utilizado um revólver para intimidação. Na época em que o processo correu na Justiça, três das quatro pessoas que foram ouvidas alegaram também que nunca houveram disparos. Ainda assim, a magistrada responsável pelo caso, condenou o atual prefeito.

Após recurso da defesa, Ney Santos foi absolvido e não corre mais riscos de ter futuras candidaturas impedidas por sentenças nos tribunais.

“Agradeço a Deus por mais essa vitória, sempre acreditei na justiça e sei que no final a verdade sempre vence. Continuaremos firmes trabalhando pelo nosso povo, certo de que nosso trabalho causa desconforto em nossos adversários. Eleição se ganha nas urnas e nosso povo nos elegeu pela segunda vez consecutiva para cuidarmos dessa cidade que tanto amamos, e assim o faremos com todas as nossas forças”, disse o prefeito sobre a decisão

Comentários