Instituto Butantan começará testes de soro anti-covid após liberação da Anvisa

Por Natália Bassi | 26/05/2021

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu autorização para que o Instituto Butantan inicie a aplicação do soro anti-SARS-CoV-2 em humanos na terça-feira (25). Anteriormente, ele só tinha sido manipulado em animais e apresentou resultados promissores durante os testes preliminares.

Segundo a Anvisa, os documentos faltantes enviados pelo Butantan em março para autorização dos estudos foram analisados de maneira extremamente criteriosa até que fosse dado o parecer positivo para que as aplicações pudessem começar.

“A autorização vem após o Butantan submeter o novo protocolo clínico com as adequações necessárias para que o estudo possa ser iniciado em humanos”, informou a Anvisa.

O soro, que por enquanto será aplicado somente em voluntários brasileiros, é feito a partir do plasma de cavalos e começou a ser produzido em 2020, com o intuito de tratar pacientes com coronavírus. Caso os resultados aguardados sejam obtidos, ele funcionará para neutralizar o vírus, dando mais chances de cura ao paciente infectado.

Comentários