Corpo do menino Gael deixa Itapecerica para ser velado na Paraíba

Por Natália Bassi | 12/05/2021

O pequeno Gael, que morreu após sofrer agressões no apartamento que morava com a mãe na região da Bela Vista na última segunda-feira, 10, será levado para João Pessoa, na Paraíba, onde será velado. O seu corpo saiu da Funerária Schunck, na Avenida Guacy Fernandes Domingues, em Itapecerica da Serra, às 9h da manhã em direção ao Aeroporto de Guarulhos. De lá, ele saíra às 13:50 para João Pessoa.

O enterro de Gael acontecerá na cidade após pedido da família paterna do menino, que ainda mora no município. O seu pai e a sua mãe vieram para São Paulo na tentativa de prosperarem de vida e a sua mãe acabou engravidando. Após algum tempo de casados, o relacionamento passou a enfrentar problemas, o que fez com que o antigo casal decidisse se separar.

A guarda do menino ficou com a mãe, mas o pai buscava Gael para passar o final de semana com ele. Pessoas próximas relataram nunca terem visto sinais de maus tratos na criança e falta de afeto.

No último domingo, 09, Gael, que tinha passado o final de semana com o pai, voltou para a casa da mãe. Nada de anormalidade e diferente da rotina da família.

Foi na segunda-feira, 10, que o crime aconteceu. A criança morreu com sinais de agressão e a mãe é a principal suspeita. O caso aconteceu no apartamento em que o filho e a mãe moravam na Alameda Joaquim Eugênio de Lima, na Bela Vista, em São Paulo.

A mãe está presa preventivamente após decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) tomada na terça-feira, 11. O caso foi enquadrado como homicídio qualificado consumado com emprego de meio insidioso ou cruel, que resulte em perigo comum.

Comentários