Vacinação aos finais de semana e feriados pode virar lei

Por Natália Bassi | 28/04/2021

O Senado aprovou na terça-feira, 27, um Projeto de Lei (PL) que torna obrigatória a vacinação aos finais de semana e feriados em todo o país. A medida vale para momentos como o que vivemos, isto é, de pandemia e calamidade na saúde pública. O projeto segue agora para apreciação da Câmara dos Deputados.

O PL trata sobre a necessidade do funcionamento de postos de saúde todos os dias para aplicação de vacinas até que as metas estabelecidas pelos órgãos de saúde sejam alcançadas. A vacinação diária só poderá ser interrompida caso haja falta de estoque ou necessidade de reservar doses para aplicação posterior na segunda etapa da vacinação.

Outro ponto defendido para a suspensão da vacinação aos finais de semana é a inviabilidade técnica, isto é, falta de funcionários ou indisponibilidade de transporte público na região que possa levar as pessoas até os postos de saúde.

O PL veio após muitos senadores afirmarem que em alguns locais do país a população corre risco ao se vacinar por conta das aglomerações ocasionadas por poucos dias específicos para imunização, além de prejudicar quem trabalha ou precisa de acompanhante.

Comentários