Dois pacientes que aguardavam transferência para UTI morrem na UPA Akira Tada

Por Natália Bassi | 20/04/2021

Mais dois pacientes de Taboão da Serra que aguardavam transferência para uma vaga de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) via Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) para outros hospitais do estado vieram a óbito na noite de segunda-feira. Entre as vítimas estão um homem de 66 anos que esperava vaga desde 15 de abril e um senhor de 79 anos que deu entrada no Cross no dia 18 de abril.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Akira Tada, segundo boletim epidemiológico da prefeitura, opera com 50% dos seus leitos ocupados. São 27 pacientes na ala de enfermaria e 08 na área de emergência (desses, dois estão entubados). O hospital referência no tratamento de pacientes com coronavírus, também registrou duas altas até a noite de segunda-feira.

Atualmente, Taboão da Serra aguarda resposta de dois pedidos de transferência para vagas de UTI. Até domingo esse número era maior, mas na segunda, felizmente, cinco pedidos foram aceitos e esses pacientes puderam ser encaminhados a outras unidades hospitalares do Estado de São Paulo.

Panorama Geral

Taboão da Serra já registra 557 mortes decorrentes de coronavírus. O número de óbitos aumentou após o teste de 11 pacientes que morreram entre os dias 28 de fevereiro e 7 de abril confirmar o resultado positivo para a doença.

Entre as vítimas estão 8 homens e três mulheres. As idades variam entre 41 e 77 anos. Com isso, a cidade chega a marca de 13.463 casos confirmados e 111 em acompanhamento.

Comentários