Coren-SP investiga denúncias de fraude em vacinação em Taboão da Serra e outras 9 cidades

Por Natália Bassi | 1/04/2021

O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) está apurando 16 denúncias que recebeu sobre fraude na vacinação. Destas, 7 são na capital e o restante em 9 cidades. Entre elas está Taboão da Serra.

Quase todo mundo já viu ou recebeu em seu celular vídeos de pessoas que estão burlando a fila da vacinação ou de profissionais da saúde que fingem aplicar a vacina, mas não injetam qualquer líquido no paciente. Não foram um ou dois casos, mas vários Brasil afora. Essa situação tem trazido muita revolta e estimulado que muitos procurem os órgãos competentes para realizarem denúncias, principalmente nesse momento de tantas perdas. Esse foi o caso do Coren, que tem recebido e investigado casos que apresentem uma conduta não ética de enfermeiros.

Segundo informações do próprio Conselho Regional de Enfermagem, 16 denúncias de fraudes estão sendo apuradas. Entre as cidades estão Taboão da Serra, São Paulo, Franco da Rocha, Jacareí, Jaú, Presidente Prudente, Jaú, Ribeirão Preto, Votuporanga e São Pedro.

As denúncias ainda estão em processo de análise e correm em extremo sigilo, algo que é previsto pela lei. Se houver constatação de que algo errado foi feito, um processo ético-profissional é instaurado e o profissional será chamado para dar a sua versão do ocorrido.

Caso haja confirmação, o profissional pode receber advertência, multa, censura, suspensão temporária do exercício profissional ou cassação do exercício profissional. Tudo de acordo com a gravidade do ato.

É importante lembrar que não podemos julgar toda uma categoria profissional por conta de alguns que burlam a lei. Hoje, os enfermeiros estão na linha de frente da pandemia e estão salvando muitas e muitas vidas. Os profissionais sérios merecem respeito. No entanto, caso você observe alguma atitude que vá contra o que é ético, registre o ocorrido e procure o órgão responsável para fazer a denúncia.

Comentários