Fase emergencial é prorrogada até o dia 11 de abril em todo o Estado de São Paulo

Por Natália Bassi | 26/03/2021

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, o vice- governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, anunciou a prorrogação da fase emergencial do Plano São Paulo até o dia 11 de abril. Com isso, só serviços essenciais poderão funcionar.

As restrições impostas no dia 15 de março continuam. Desta forma, eventos que causem aglomerações continuam proibidos, bem como a abertura de bares e restaurantes ao público. Mercados, padarias, postos de gasolina, farmácia e lojas que vendem comida para animais continuam funcionando.

A recomendação do escalonamento de funcionários dos setores de indústria, serviços e comércio está mantida pelo Governo do Estado, assim como o toque de recolher entre às 20h e 5h.

A prorrogação de mais 15 dias da fase emergencial tem como intuito diminuir a circulação de pessoas nas ruas e, consequentemente, a infecção do coronavírus. O Estado de São Paulo tem vivido dias difíceis com o esgotamento de seus leitos e com mais de 30 mil pessoas infectadas pela COVID-19 internadas.

Comentários