Taboão da Serra tem noite marcada por panelaço contra o presidente Bolsonaro

Por Natália Bassi | 24/03/2021

Durante pronunciamento oficial do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, na noite de ontem, várias cidades do país registraram panelaço. Em Taboão da Serra não foi diferente. O panelaço é uma forma de protesto que as pessoas encontraram, principalmente em tempos de pandemia, para demonstrarem insatisfação com governantes que estão no poder.

Das janelas e sacadas foi possível escutar gritos e palavras de indignação com o momento em que vivemos. Com a pandemia mais forte do que nunca e o número de mortos aumentando gradativamente a cada dia, muitos protestaram pela omissão do presidente no combate à pandemia e também na morosidade na compra de vacinas. Frases como “bolsonaro genocida” e “fora bolsonaro” foram as mais ouvidas.

“Foi uma maneira de demonstrar indignação a tanta ignorância e descaso diante de 3 mil pessoas morrendo todos os dias no país”, disse Daniel Lopes, morador do Condomínio Cerejeiras I da Cooperativa Habitacional Vida Nova.

O protesto pode ser ouvido em vários bairros da cidade, como o Jd. América, Jd. Maria Rosa, Pq Monte Alegre, Jd. Clementino, Pirajuçara e adjacências.

Não foi a primeira vez que taboanenses demonstraram insatisfação a algum governo usando panelas. Antes do impeachment da presidente Dilma Rousseff isso aconteceu, assim como no governo Michel Temer. No caso de Bolsonaro, esse é o segundo registrado.

Segundo última pesquisa de aprovação realizada pelo PoderData, a popularidade do presidente vem caindo. Cerca de 41% da população considera o seu governo ruim/péssimo, enquanto 33% ótimo/bom. Em números absolutos 48% dos brasileiros desaprovam a sua atuação, enquanto 40% está feliz.

Comentários