Em dia de recorde de mortes no Brasil, Taboão da Serra não registra óbitos

Por Natália Bassi | 17/03/2021

O panorama nacional tem trazido alerta a todos. No dia de ontem, o Brasil bateu recorde no número de mortos, com 2.798 óbitos. O Estado de São Paulo, o maior e mais populoso da federação, foi o que mais sofreu com a perda de vidas, 679 ao todo. A cidade de Taboão da Serra, município que tem acompanhado o esgotamento do seu sistema de saúde e virado notícia, não foi responsável por nenhuma dessas mortes, já que até a noite de ontem nenhum óbito na cidade foi registrado.

No entanto, segundo boletim divulgado pelo Comitê de Combate à Covid-19, a Unidade de Pronto Atendimento Akira Tada possui, hoje, 61,43% dos seus leitos ocupados. Dos 43 pacientes que seguem internados, 30 estão na ala de enfermaria e 13 na ala de emergência. Dos casos mais graves, 9 permanecem intubados.

Conforme informações da Prefeitura, a Central de Regulação de Ofertas de Serviços (Cross) conseguiu ontem a transferência de 11 pacientes, sendo 8 delas provenientes de uma liminar do Ministério Público (MP). Segundo ainda o boletim, até a noite de ontem, 17 pacientes ainda aguardavam transferência para Unidades de Terapia Intensiva (UTI) via Cross para demais hospitais do estado.

Comentários