Governador João Dória anuncia medidas mais restritivas para conter a pandemia no Estado

Por Natália Bassi | 11/03/2021

Em coletiva de imprensa realizada nesta tarde, o governador do Estado de São Paulo, João Dória, anunciou medidas mais restritivas para conter a pandemia no território paulista. A fase emergencial endurece ainda mais a Fase Vermelha do Plano São Paulo. A partir de segunda-feira, dia 15, eventos religiosos e jogos de futebol estão suspensos. A abertura de parques e praias também estão proibidas. Comércios essenciais como supermercados e padarias continuam funcionando normalmente e escolas estaduais serão parcialmente fechadas. As restrições, segundo Dória, serão estendidas até o dia 30 deste mês.

O anúncio veio após o Estado de São Paulo apresentar altas taxas de ocupação de leitos e sofrer com um colapso nunca antes visto em seu sistema de saúde desde o início da pandemia. Batendo recorde no número de óbitos nessa semana, 469 somente nas últimas 24 horas, o estado vem tendo dificuldades na transferência de pacientes, já que cerca de 50% dos seus municípios, entre eles Taboão da Serra e Embu das Artes, estão com 100% dos leitos ocupados.

“É uma decisão dura, impopular, difícil. O Brasil está colapsando, e se nós não frearmos o vírus, não será diferente em São Paulo”, disse Dória que lamentou a situação dramática que o país inteiro vive.

Além disso, foi recomendado pelo mandatário que haja escalonamento no horário de entrada dos trabalhadores de acordo com cada setor, evitando assim, aglomerações no transporte público. Segundo o Estado, o ideal é que trabalhadores da indústria entrem das 5h às 7h, trabalhadores de serviço das 7h às 9h e trabalhadores do comércio das 9h às 11h.

Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde, pediu que as pessoas respeitem as medidas. “Nunca pedimos com tanto clamor. Temos que garantir o nosso maior patrimônio, a nossa vida e a dos nossos filhos”, disse.

Comentários