Vítima de roubo atropela motoqueiros ladrões em Taboão 

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 7/02/2021

Um bandido morreu e outro foi preso após assaltar um motorista de aplicativo. A vítima saiu em direção de sua casa, e para se sentir mais seguro resolveu passar pela sede da Guarda Civil Municipal (GCM), na Rua José Carlos de Macedo Soares, no jardim Bontempo. Lá, o motorista se deparou com os dois criminosos a sua frente. O garupa da moto voltou a apontar a arma para o motorista. Para se defender, ele acelerou o carro e bateu na moto dos criminosos. Um bandido morreu na hora e o outro caiu no chão ferido.

Tudo isso aconteceu a poucos metros da base da GCM. Os guardas ouviram o barulho da colisão e agiram rapidamente. Os GCMs prenderam a arma do acusado e socorreram o motorista do veículo que havia acabado de ser assaltado e o assaltante que ficou vivo. Os pertences da vítima foram devolvidos na hora.

O assalto e todos os fatos que ele provocou aconteceram por volta das 21 horas da sexta-feira, 5. Os criminosos armados, em uma moto, roubaram o celular e uma bolsa da vítima antes de fugir. O reencontro deles aconteceu instantes depois.

Outros carros acabaram se envolvendo no acidente. O motorista de aplicativo relatou aos guardas que tinha acabado de ser assaltado pelos acusados com uma arma de fogo apontada para sua cabeça. O bandido admitiu o crime.

A vítima foi socorrida ao Pronto Socorro do Antena, onde recebeu atendimento médico. O homem disse que bateu a cabeça. Ele ficou dentro do carro preso após o air bag abrir depois da colisão com a moto.

O acusado pelo crime que sobreviveu, relatou quando foi socorrido ao Hospital Geral do Pirajuçara, que conhecia o outro assaltante desde criança. Ele sofreu fratura da vértebra.

 

Comentários