Tempestade deixou Leme e Clementino debaixo de água em Taboão da Serra

Por Redação | 30/12/2020

A tempestade que atingiu Taboão da Serra e a região na noite desta terça-feira, 29 causou enchentes e deixou atrás de si um rastro de destruição, prejuízos e sofrimento aos moradores. O jardim Leme foi a região mais afetada. A parte baixa do bairro, nas imediações do piscinão, foi muito castigada. Moradores perderam tudo e vão guardar na memória o terror dos últimos dias de 2020. Durante toda a noite e madrugada a região ficou em estado de alerta.

A enchente também atingiu com força o jardim Clementino. As ruas Nicolau Gentile e 19 de Fevereiro foram fortemente castigadas. Muitos moradores que já tiveram o dissabor de enfrentar enchente voltaram a viver o mesmo drama.

As redes sociais reagiram rapidamente a tragédia e várias pessoas da cidade iniciaram ou divulgaram campanhas de arrecadação com o objetivo de ajudar as vítimas.

As equipes da Defesa Civil e das Secretarias de Manutenção e Assistência Social estiveram nas ruas durante toda noite e madrugada atendendo as famílias e fazendo a distribuição de colchões. O trabalho se estendeu madrugada a dentro, assim como a limpeza das casas e ruas.

 

Comentários