Taboão da Serra completa uma semana sem registrar óbitos por Covid-19

Por Redação | 18/09/2020

Taboão da Serra está há uma semana sem registrar mortes por coronavírus, segundo mostrou o boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira, dia 18. Este foi o maior período em que a cidade ficou sem ter óbitos. Desde o início da pandemia, 270 vidas foram perdidas em decorrência da doença

Ainda segundo o informativo, até agora 8.131 moradores já foram infectados, mas destes, 7.729 já foram curados e receberam alta e 132 ainda são acompanhados pela Saúde. Outros 34 aguardam o resultado do exame e 16.117 tiveram as suspeitas descartadas. 

Desaceleração de casos e mortes 

Taboão da Serra vem apresentando desaceleração no número de casos e mortes. Do começo do mês até esta sexta, 18, 6 novas mortes foram contabilizadas, uma diminuição de 85% em relação aos mesmos dias do mês passado, que teve 42 falecimentos

O número de novos casos também caiu período. No primeiros 18 dias de agosto, 2.924 moradores foram diagnosticados com a doença, enquanto em setembro, o número caiu para 125, diminuição de 95%. Ao todo, 8.131 moradores já foram infectados com a doença na cidade. 

Fechamento do Hospital de Campanha

Devido à queda no no número de mortes e de novos diagnósticos, o Hospital de Campanha que foi instalado em abril na cidade para tratar exclusivamente casos da doença foi desativado na última sexta-feira, dia 11. 

Em cinco meses de funcionamento, a unidade atendeu 19.134 pacientes e realizou 595 internações. No auge da pandemia, o hospital chegou a ter os seus 40 leitos ocupados, o que gerou a necessidade de ativação de mais 20. Na última semana, porém, o número de pessoas hospitalizadas no local não passou de 10.

Agora, os atendimentos de casos de coronavírus são atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Akira Tada. Em 5 dias, 569 moradores procuraram o equipamento para relatar sintomas da doença. Até esta terça-feira, 15, 12 pacientes estavam hospitalizados no local. A unidade dispõe de 40 leitos, sendo 17 deles com respiradores.

 

Comentários