Motorista da Uber é morto a tiros em Embu; família alega que ele foi confundido com policial

Por Redação | 13/09/2020

O motorista Robson Alves Duarte, de 28 anos, motorista do aplicativo Uber, foi morto a tiros na tarde deste sábado, dia 12, na rua São Marcelo, no Pq. Pirajussara, em Embu das Artes. Segundo a família, o rapaz foi baleado por traficantes após ser confundido com um policial no momento em que buscava um passageiro. 

O jovem, que mora no Capão Redondo, na zona Sul, foi atingido logo após estacionar. Testemunhas disseram à família que traficantes se aproximaram do carro gritando “é polícia, é polícia”. Depois de ser baleado, ele foi socorrido ainda com vida por um homem até o Pronto Socorro do Santo Eduardo. 

Mesmo após receber atendimento médico, ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. Os parentes ainda informaram que o rapaz está casado há apenas dois meses e deixa a esposa grávida do primeiro filho do casa. 

O caso foi registrado no 1° Distrito Policial de Embu das Artes como homicídio simples e está sendo investigado pela Polícia Civil. O corpo do rapaz foi enterrado neste domingo, 13, no Cemitério Jardim da Paz, também em Embu. 

Comentários