Idosa de 102 anos é a vítima mais velha a morrer por coronavírus em Taboão da Serra

Por Redação | 2/09/2020

Taboão da Serra registrou nesta quarta-feira, dia 2, a morte de uma idosa de 102 anos, a vítima mais velha a morrer pelo novo coronavírus na cidade. A mulher estava internada no Hospital das Clínicas e tinha cardiopatia e DNC. Ao todo, o município soma 265 óbitos. 

Taboão já teve até agora 8.005 moradores infectados, mas destes, 7.046 já foram curados e 694 ainda são acompanhados pela saúde. Outros 35 aguardam o resultado do exame e 14.009 tiveram as suspeitas descartadas. Houve no município mais de 22.049 notificações de casos. 

Até agora, mais de 18.140 pessoas foram atendidas no Hospital de Campanha, porta de entrada para casos suspeitos na cidade. Destas, 582 precisaram ficar internadas. Até esta terça-feira, 1, 07 moradores ainda estavam internados na unidade. 

Devido à quantidade de casos na cidade, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Akira Tada passou a atender somente pacientes com coronavírus em estado grave. Lá, 35 moradores já faleceram

 

Comentários