Moradores do condomínio João Cândido terão “cinema na janela” no próximo sábado, 29

Por Redação | 27/08/2020

Os moradores do condomínio João Cândido, no Jardim Salete, em Taboão da Serra, poderão vivenciar uma experiência criativa em meio à pandemia, em que as opções de lazer foram reduzidas. No sábado, dia 29, um “cinema da janela” será realizado no conjunto habitacional a partir das 19h, com a apresentação do documentário “Pandemia do Sistema: O retrato da desigualdade na capital mais rica do Brasil”, de Naná Prudêncio, que estará presente na exibição. 

O média-metragem  denuncia como os moradores de regiões periféricas enfrentam a crise econômica e de saúde durante a pandemia do novo coronavírus. 

Enquanto a ciência corre para encontrar uma vacina que proteja a população do novo coronavírus, que infelizmente já é, neste ano, a principal causa de morte por doença no país, o mais importante projeto de democratização do cinema brasileiro da capital paulista se reinventou e lança, neste mês de agosto, o CineB Solar na Janela.

O projeto respeita os protocolos de distanciamento e oferece lazer e cultura para moradores dos conjuntos habitacionais, com uma sala de cinema ao ar livre. As janelas tomarão o lugar das cadeiras e os altos-falantes serão substituídos pelos celulares, que poderão captar o som que serão transmitidas por meio de ondas de rádio FM. 

Segundo o coordenador do projeto, Cidálio Vieira Santos, “o CineB Solar na Janela vai levar toda a infraestrutura de uma sessão convencional para os conjuntos habitacionais de moradia popular como Cohabs, CDHUs ou projetos do Minha Casa Minha Vida para que as pessoas possam ter seu momento de lazer”, destaca. 

A iniciativa é abertamente inspirada no belíssimo longa-metragem italiano “Cinema Paradiso”(1988), filme-homenagem ao período áureo do cinema de rua e nas experiências de artistas que usam as janelas dos apartamentos para se apresentarem. 

Pipoca em casa

Por conta dos protocolos sanitários de combate à pandemia, o projeto distribuirá para cada família, um saquinho com milho e caixinhas de pipoca padronizada para que cada família estoure a pipoca de suas casas e coma assistindo o filme na sua janela.

Serviço
 
CineB Solar  Janela no Jardim Salete
Dia : 29 de agosto  Sábado  19hs
Local: Condomínio João cândido
Filme: Documentário Pandemia do Sistema
Endereço : Rua Reinaldo da Silva, 31, Jardim  Salete, Taboão da Serra
CONVITE : Serão  entregues pela administração nos aptos
E desta vez, a pipoca vvocê faz em casa 

Sobre o documentário

Epicentro da crise sanitária no Brasil, o distanciamento social foi decretado na cidade de São Paulo em março de 2020. “Pandemia do Sistema - O retrato da desigualdade na cidade mais rica do Brasil” documentou a mobilização de moradores e moradoras para ajudar vizinhos e vizinhas durante o período de quarentena em regiões como Sapopemba, Heliópolis, Brasilândia, Capão Redondo, Cidade Ademar, Pedreira e o município de Taboão da Serra. Na capital mais rica do país, os índices de mortes por Covid-19 se mostraram até 10 vezes maiores nas periferias e nos bairros com maioria negra. O filme constata que o vírus não foi a única causa das mortes e que a desigualdade é a epidemia mais antiga, grave e crônica na história brasileira. Em primeira pessoa, Pandemia do Sistema denuncia as ausências do estado e confirma que nos lugares mais pretos e pobres ‘Nóis só tem nóis’.

Ficha Técnica

Direção geral: Naná Prudêncio

Produção Executiva: Carol Moreno

Pesquisa e roteiro: Naná Prudencio e Semayat Oliveira

Fotografia: Naná Prudencio, Rogério Pixote, Pedro Borges, Igor Oliveira e Gustavo Moraes

Montagem e finalização: Naná Prudencio

Som direto: Daniel Henrique

Sonoplastia: Diocesar Pereira

Trilha sonora: Negredo Oficial

Identidade visual: Silvana Martins

Sobre o CineB Solar
 
Criado em 2007, o CineB passou a se chamar CineB Solar em 2018, quando passou a circular com uma van que gera, através de placas solares, a própria energia consumida no evento. Já atingiu um público superior a 70 mil espectadores em mais de 550 sessões gratuitas realizadas em comunidades e universidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Já foram exibidos na tela do CineB mais de 130 longas-metragens e 80 curtas-metragens, além da realização de pré-estreias exclusivas.

Comentários