Após COI, Taboão da Serra registra queda de roubos, furtos e outros crimes patrimoniais em julho

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 26/08/2020

Com pouco mais de um mês de implementação, o Centro de Operações e Inteligência (COI) já demonstrou bons resultados. Em julho, quando o Centro passou o mês todo em operação, Taboão da Serra registrou queda de roubos, furtos e outros crimes patrimoniais em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo apontou dados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), divulgados nesta terça-feira, dia 25. 

Segundo a pasta, foram 175 roubos no mês passado, 2,8% a menos do que o mesmo mês do ano anterior, que registrou 178 ocorrências. Roubo de veículo teve redução ainda mais expressiva, de 43,9%, caindo de 41 para 23 casos. 

Na cidade, houve 126 furtos em julho deste ano contra 150 do ano passado, baixa de 16%. Furtos de veículo foi de 47 para 28 registros, ou seja, 40% de casos a menos. A exceção foi roubo de carga, que saltou de 1 para 11 casos, alta de 1000%

Não houve nenhum homicídio e nenhum latrocínio em Taboão da Serra em julho deste ano, diferentemente do ano passado, que registrou 1 caso para cada indicador no mês. Com os números, a redução chega a 100% nos dois índices. Estupro, no entanto, teve alta de 80%, passando de 5 para 9 registros. 

A queda dos índices de crimes contra o patrimônio coincide com a implementação do Centro de Operações e Inteligência, que começou a operar no dia 29 de junho e é  comandado pela Guarda Civil Municipal (GCM). O sistema conta com 40 câmeras de alta resolução instaladas em vias estratégicas da cidade. Juntas, elas formam uma muralha que funciona 24 horas, durante os 7 dias da semana. 

De acordo com o balanço divulgado, o saldo das ações em um mês foi positivo, com a recuperação de quatro veículos roubados. Também foi identificado um carro e duas motos usadas para assaltos, um veículo envolvido em sequestro e o outro que provocou um acidente de trânsito com vítima fatal em outra cidade. A central de videomonitoramento também ajudou a  cumprir um mandado de prisão e a reconhecer dois carros usados no descarte irregular de entulhos. 

Na última semana, o COI também ajudou a protagonizar a prisão do assaltante que perseguiu de motocicleta uma moça em um escadão do Jd. Pazini. A vítima conseguiu escapar, mas enquanto corria do homem, caiu e teve que levar 50 pontos na perna. A ação do assaltante foi flagrada por câmeras de segurança de casas próximas e as imagens ganharam as redes sociais e os principais programas policiais do país. 

O rapaz foi preso um dia após o crime, depois que o Centro de Inteligência identificou por meio da placa o veículo utilizado na tentativa de assalto. Quando a motocicleta entrou em Taboão da Serra novamente, a GCM recebeu um alerta com sua localização. Após abordagem, o homem informou que no dia da tentativa de assalto quem estava utilizando a moto era seu filho e levou os guardas e a Polícia Civil até ele, em Paraisópolis, na zona sul da capital. O jovem foi preso em flagrante após ser reconhecido pela vítima. 

Comentários