Em julho, Taboão da Serra perde mais de R$ 5 milhões em ICMS

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 19/08/2020

Taboão da Serra teve uma grande perda de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS) em  julho se comparado com igual período do ano passado. Ao todo, a cidade deixou de receber no mês mais de R$ 5 milhões do imposto, que é repassado semanalmente pelo Governo de SP. Foram 15.495.577,44 o ano passado contra 9.586.741,63 desta ano, queda de mais de 38%.

A perda se deve à pandemia do novo coronavírus, que provocou o fechamento de diversos comércios em todo o país. Na cidade, os estabelecimentos ficaram mais três meses inativos, o que gerou grande prejuízo aos empresários e aos cofres públicos. 

No semestre, a queda de arrecadação no imposto foi de 15%, ou seja, a cidade recebeu nos seis primeiros meses de 2019 mais de R$ 88,5 milhões. Já no mesmo período de 2020, foram somente R$ 74,5 milhões. Neste ano, o mês que recebeu o menor repasse foi maio, com 8.864.345,31.

A expectativa era de que as transferências seguintes caíssem ainda mais, no entanto, em junho houve uma pequena melhora e o município obteve 10.814.627,02 de ICMS.. Em julho, porém, o valor voltou a registrar queda. 

 Plano Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus

Para tentar repor a perda de arrecadação deste e de outros tributos, o Governo Federal criou o Plano Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. Por meio do programa, Taboão da Serra receberá R$  32 milhões, que serão entregues em 4 parcelas de R$ 8 milhões. 

Comentários