Escolas da região podem reabrir para atividades extras a partir de 8 de setembro

Por Redação | 11/08/2020

Apesar de a volta às aulas ter sido adiada para o dia 7 de outubro, as escolas das cidades das regiões que estão na fase amarela há 28 dias ou mais poderão reabrir para atividades extras, como reforços escolares, a partir do dia 8 de setembro, segundo anunciou o Governo de São Paulo. 

A medida atinge Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra e demais cidades da região sudoeste da Grande São Paulo, que já estão há um mês e meio na fase mínima exigida para a retomada das atividades opcionais. 

No entanto, de acordo com o Estado, mesmo estando autorizado, o retorno deve ser decidido pela instituição, com consulta à comunidade escolar. 

Essa discussão precisará ser feita entre escolas, pais e alunos. Além disso, é claro, que o protocolo sanitário deverá ser cumprido de forma rígida e deve se respeitar o limite de alunos por sala”, disse. 

Volta às aulas adiadas 

Após duras críticas, o governador João Dória (PSDB) decidiu adiar a volta às aulas da rede pública e privada em todo o Estado para o dia 7 de outubro. A mudança, segundo Dória, aconteceu devido à orientação do Centro de Contingência do Coronavírus. 

“A previsão inicial era 8 de setembro, mas para garantir uma margem de segurança de saúde para nossas crianças, adolescentes, professores, gestores e aos familiares dos alunos, decidimos adiar o retorno”, ressaltou

Até então, a previsão para a retomada do ano letivo no início de setembro gerou insegurança e inúmeras críticas, principalmente entre pais, que relataram medo em deixar os filhos retornaram às salas de aula. 

 

Comentários