Com obras já iniciadas, Complexo da Mulher em Taboão ampliará rede de proteção às vítimas de violência

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 6/08/2020

Taboão da Serra vai ganhar um importante equipamento no combate à violência doméstica, o Complexo da Mulher. A unidade, que ficará na rua Joaquim Faustino de Camargo, no Parque Pinheiros, já está sendo construída e abrigará em um único prédio a Delegacia de Defesa da Mulher, a Coordenadoria dos Direitos da Mulher e o Conselho Tutelar. 

Com os três equipamentos ocupando o mesmo ambiente, é expectativa do novo Complexo é tratar os casos de violência com mais agilidade e melhorar a rede de proteção às vítimas , já que elas não precisaram se deslocar de um lugar a outro para serem atendidas pelos órgãos na esfera criminal e de amparo psicológico, jurídico e social. 

Para Sueli Amoedo, coordenadora dos direitos da mulher do município, a chegada do novo equipamento na cidade é uma vitória para as vítimas de violência em Taboão da Serra. “A minha expectativa é de redução de tempo para ela chegar na rede de atendimento, porque ela vai sair da delegacia direto para a coordenadoria ou vice versa, agilizando assim o todo o seu processo ruptura do ciclo de violência”, disse. 

Ela também enfatizou que o complexo ganhará um espaço para a realização do projeto “Tempo de Despertar”, que terá entrada em local diverso da Coordenadoria. “Realmente estou muito feliz em ver esse respeito com as mulheres em situação de violência e com seus filhos, tendo em vista o Conselho Tutelar no mesmo espaço. Os três órgãos integrados dificulta a decisão da mulher em não lavrar o Boletim de Ocorrência”, comemorou. 

O prédio terá cerca de 800 metros de área construída e ficará ao lado do Centro de Referência da Saúde da Mulher. A novidade é que a nova delegacia terá uma sala de escuta especializada, seguindo os padrões definidos pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo. Já no Conselho Tutelar, responsável por zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, cada conselheiro terá sua própria sala. O complexo ainda contará com uma biblioteca e com um anfiteatro.

O complexo foi anunciado em dezembro do ano passado pelo prefeito Fernando Fernandes (PSDB) e para se tornar realidade recebeu uma emenda de R$ 2,7 milhões da deputada estadual Analice Fernandes (PSDB), com contrapartida de R$ 40 mil da prefeitura

 

Comentários