Jovens são flagrados em festa clandestina com aglomeração em casa noturna de Taboão

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 4/08/2020

A pandemia ainda não acabou, mas grande parte da população tem se comportado como se novo coronavírus já tivesse se dissipado. Em Taboão da Serra, na madrugada de domingo, dia 2, uma festa clandestina foi flagrada em uma casa noturna, conforme revelou uma reportagem do Bom dia Brasil, da Rede Globo. 

Taboão da Serra chegou a marca de 208 mortes por coronavírus, mas muitos moradores seguem ignorando as vidas perdidas. Em vídeos postados nas redes sociais de DJs e frequentadores, é possível ver diversos jovens na pista de dança provocando aglomeração. Nenhum deles respeita as medidas sanitárias de segurança imposta para impedir a contaminação, como o uso de máscaras, por exemplo. 

A cidade ainda contabiliza 3.617moradores que já foram infectados. Destes, 1055 foram curados, mas 2354 ainda estão em recuperação. Outros 201 aguardam o resultado do exame e outros 4254 tiveram as suspeitas descartadas. Ao todo na cidade já houve 8072 notificações. 

Somente no Hospital de Campanha, por dia, cerca de 100 pessoas são atendidas. Em quatro meses, já foram atendidos e 14.085 moradores e outros 500 ficaram internados. Até esta segunda-feira, dia 3, 13 ainda permaneciam hospitalizados. 

Apesar de Taboão da Serra estar na fase 3 amarela de flexibilização da quarentena, o momento não é de relaxamento. Os estabelecimentos na cidade que estão autorizados a abrir, como bares, restaurantes, salões de beleza e comércios, são obrigados a seguir os protocolos de segurança. Os moradores também devem estar atentos às medidas de distanciamento social, ao uso de máscara, a lavagem constante de mãos, a higienização com o álcool em gel e evitar sair de casa sem necessidade.

 

Comentários