Taboão chega a 1011 pacientes curados de Covid-19, mas registra 156 novos casos em 24 horas

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 27/07/2020

Taboão da Serra chegou a 1.011 pacientes curados do novo coronavírus nesta segunda-feira, dia 27, segundo a Secretaria Municipal da Saúde.  No entanto, apesar dos casos de alta, o cenário ainda não é bom. Nas últimas 24 horas, 156 diagnósticos positivos foram registrados e o total de moradores que já foram infectados subiu de 2.572 para 2.730. 

Ainda de acordo com os dados, do total de infectados, 1.528 ainda estão sendo acompanhados pela Saúde, outros 203 ainda aguardam o resultado do exame e 3.085 suspeitas já foram descartadas. Ao todo, 6.024 casos foram notificados. 

Até esta segunda-feira, 27, o Hospital de Campanha, instalado na cidade para tratar somente pacientes com a doença, já tinha atendido 12.809 moradores, sendo que destes, 469 precisaram ficar internados. Atualmente, 15 pacientes estão hospitalizados na unidade.

Medidas de segurança

Para tentar barrar o avanço da doença na cidade, algumas medidas foram tomadas pelo poder municipal. Na cidade, passou a ser passou a ser obrigatório o uso de máscaras, que começaram a ser produzidas pela Escola de Corte e Costura para ser entregues à população de graça. Ao todo, mais de 25 mil já foram distribuídas.

A Unidade de Pronto Atendimento Akira Tada também teve seus atendimentos redirecionados e só está atendendo pacientes diagnosticados com coronavírus. Além disso, o número de pessoas que saõ testedas foi ampliado. 

As ruas, calçadas, pontos de ônibus, entradas e portões de casas e áreas próximas às Unidades Básicas de Saúde (UBS), do Pronto Socorro, da Unidade de Pronto Atendimento e do Hospital de Campanha são lavadas com uma solução desinfectante.

Foi instalado na cidade um sistema para tirar dúvidas e evitar que a população se desloque para unidades médicas sem necessidade. Moradores podem entrar em contato com número 0800 7758500, que funciona todos os dias, das 07h às 19, para tirar esclarecer questões sobre o coronavírus. Todas as UBS também têm seu próprio canal par tirar dúvidas.

 

Comentários