Mesmo na zona vermelha, Itapecerica terá reabertura gradual de comércios a partir de segunda-feira, 8

Por Redação | 4/06/2020

Mesmo fazendo parte da região que não cumpre os requisitos impostos pelo Governo de São Paulo para a reabertura gradual da economia, a prefeitura de Itapecerica da Serra vai publicar decreto autorizando a volta das atividades de diversos setores da iniciativa privada, como cursos livres, lojas de departamento e pequenos varejos, a partir da próxima segunda-feira, dia 8. Segundo o poder público, alguns protocolos terão que ser seguidos pelos comerciantes e empresários para que os estabelecimentos mantenham as postas abertas.

Na reunião em que ficou decidida a reabertura, o prefeito Jorge Costa elencou algumas medidas de combate ao coronavírus que foram tomadas, como a construção de 62 leitos de baixa e média complexidade e mais 8 de UTIs nos prontos socorros, a aquisição de respiradores, a instalação de drives-thrus itinerantes, a entrega de remédios de alto custo em casa e a implementação da Assistente Virtual.

“Estamos passando por uma situação muito difícil. Sei que a questão dos comércios fechados também não está fácil e quero dividir com vocês a responsabilidade. Vamos fazer o possível para que todos possam trabalhar com segurança e garantir emprego e renda”, disse Jorge Costa.

Na cidade, academias, seguradores, autoescolas, despachantes e clínicas de exame psicotécnico, escritórios e concessionárias de venda de automóveis estão autorizadas a funcionar desde segunda-feira, dia 01, seguindo algumas determinações para impedir o contágio da doença dentro dos estabelecimentos.

Apesar das medidas de combate anunciadas pelo prefeito, Itapecerica da Serra, assim como todas as cidades da Grande São Paulo, permanecem na zona vermelha do Plano São Paulo. Nesta fase, somente comércios considerados essenciais deveriam abrir, o que é contrariado pela cidade. A prefeitura foi procurada para saber o porquê os comércios terão permissão para reabrir, mas não retornou até a data desta publicação. 

Itapecerica da Serra não manteve um quadro estável de casos na última semana, com aumento de mortes e confirmações. Até esta quinta-feira, dia 4, o município já contabilizou 407 moradores que foram infectados e 32 óbitos causados pela doenaç, de acordo com o boletim divulgado pela Autarquia Municipal da Saúde. 

Plano SP

O plano estadual foi criado para estabelecer critérios para a retoma gradual da economia e é divido em 5 níveis, onde estão classificadas as 17 regiões do Estado. Cada um deles possui um pré-requisito que determina de que forma as atividades serão retomadas, levando em consideração a taxa de ocupação de leitos de UTI por coronavírus, a quantidade de leitos por 100 mil habitantes, o número de casos, de internações e de óbitos.  

Na primeira, que é a vermelha, somente comércios essenciais deveriam abrir. Na segunda, que é a laranja, poderá abrir shopping centers, comércios e serviços. Na terceira, amarela, a flexibilização também se estende para bares, restaurantes, salões de beleza e barbearias. Na quarta, verde, academias também podem abrir. Já a 5, classificada pela cor azul, pressupõe um quadro já controlado e autoriza a retomada de todas as atividades econômicas.

Comentários