Sobe para 28 o número de mortes por covid-19 em Taboão; 50 moradores seguem internados

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 6/05/2020

A prefeitura de Taboão da Serra confirmou na manhã desta quarta-feira, dia 6, mais duas mortes por coronavírus e o total de vítimas fatais na cidade chegou a 28. Os moradores eram um homem, de 76 anos, que tinha diabete, e uma mulher, de 46 anos, que tinha câncer. Ambos estavam internados no Hospital das Clínicas (HC). Outros dois óbitos são investigados.

Até agora, o município registrou 226 moradores infectados, no entanto, 137 deles já foram curados. Há ainda 163 aguardando o resultado de exames e 273 já tiveram as suspeitas descartadas. Ao todo, foram notificados 690 casos.

Moradores internados

O prefeito Fernando Fernandes informou, também nesta segunda durante coletiva em seu gabinete, que 50 moradores seguiam internados por causa da doença até esta terça-feira, dia 5. Este foi até agora o maior número de internações registrado no município.

No Hospital de Campanha, que atende os casos de quadro leve ou moderado, há 38 moradores hospitalizados, e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Akira Tada, responsável por tratar estados mais graves da doença, há 12, sendo que dois deles estão entubados.

O aumento considerável no número de internações, segundo o prefeito, mostra que a cidade vive o seu pior momento em relação ao coronavírus. “É o pior porque vem vindo numa crescente. Não estou dizendo que será o pior momento derradeiro, nós podemos enfrentar piores, mas o que a gente observou [...] é que o número de internações cresceu rápido. Começamos com 10, 12, passamos para 18, 20, e agora já pulamos para 38 internações”, destacou.

Ações de combate

Desde o começo da pandemia, a prefeitura vem adotando uma série de medidas para tentar impedir a proliferação do vírus na cidade. Estado de calamidade pública foi decretado, obrigando comércios não essenciais a fecharem as portas.

As ruas, calçadas, pontos de ônibus, entradas e portões de casas dos bairros estão sendo desinfectadas, medida que, segundo o prefeito, segue como uma das mais importantes pela prefeitura.

“A gente faz uma desinfecção diariamente, utilizando um produto à base de água, hipoclorito de sódio e sabão. Hoje a prefeitura disponibiliza de 4 caminhões pipas. Um é destinado para locais com maior circulação de pessoas, outro é direcionado para desinfectar as áreas próximas as unidades de saúde, e os demais são para os bairros”, disse o Engenheiro Daniel, secretário de Manutenção da cidade, pasta responsável por realizar a ação.

Na cidade, também houve a entrega gratuita de mais de 25 mil máscaras, confeccionadas pela Escola Municipal de Corte e Costura de Taboão.

 

Comentários