Sem queda de nenhum índice criminal, março foi o mês mais violento em Itapecerica da Serra, diz SSP

Por Redação | 29/04/2020

Março foi até agora o mês mais violento do ano em Itapecerica da Serra, segundo apontam dados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP). Se comparado com igual período do ano passado, nenhum índice criminal teve redução.

Todos os crimes considerados hediondos tiverem crescimento. O número de homicídios dobrou e foi de 2 para 4 casos. Já os casos de latrocínio – roubo seguido de morte – também aumentaram, indo de 0 para 2 casos. Os estupros subiram de 1 para dois casos, alta de 100%.

Roubo teve aumento de 69% e registrou 132 ocorrências, 54 a mais do que o ano passado, que registrou 78 casos. Roubo de veículo teve aumento de apenas um caso, subindo de 20 para 21 registros.

Furto em geral também acompanhou a curva crescente e teve alta de 80%, com aumento de 40 para 72 casos. Furto de veículo subiu de 8 para 12 ocorrências, crescimento de 50%. Já o roubo de carga disparou na cidade. Ano passado houve apenas dois casos no mês, no entanto, este ano houve registro de 11 casos, alta de mais de 250%.

Produtividade policial  

No mês, na cidade, 30 pessoas foram presas em flagrante e 7 por mandado. Também tiveram 2 menores apreendidos em flagrante e 1 por meio de mandato, além de 3 armas de fogo apreendidas. O número de inquéritos policiais instaurados chegou a 72.

Comentários