Homem de 43 anos com síndrome de down é a 19° morte por coronavírus em Taboão

Por Redação | 26/04/2020

Taboão da Serra registrou a 19° morte por coronavírus neste domingo, dia 26, segundo a Secretaria de Saúde. O paciente é um homem de 43 anos com síndrome de down que estava internado no Hospital de Cotia.

Ainda de acordo com o boletim divulgado, a cidade tem 159 moradores confirmadas com coronavírus e a mais 166 esperando resultado de exame. Mais de 578 foram notificados e 234 foram descartados.

Na quarta-feira, 23, a cidade registrou mais 4 mortes e o total de óbitos tinha alcançado a marca de 18. Todos os óbitos do dia foram de homens. Dois, de 74 e de 52, estavam internados no Hospital Geral de Itapecerica da Serra. O terceiro, de 74, no Hospital Geral do Pirajussara, e o quarto, de 49, no Hospital de Cotia,

Das 14, 11 foram de homens e mortes anteriores três de mulheres. Nove tinham acima de 60 anos. Cinco dos pacientes estavam internados em hospitais particulares e oito na rede pública.

Medidas de combate

Para tentar barrar o avanço da doença no munícipio, o prefeito Fernando Fernandes adotou algumas medidas. Na cidade, está decretado estado de calamidade pública e os comércios não essenciais estão proibidos de abrir por tempo indeterminado. As aulas da rede pública municipal também estão suspensas.

As ruas mais movimentadas e os locais próximos a hospitais e UBSs da cidade estão passando por higienização, com lavagem utilizando uma solução desinfectante de hipoclorito de sódio.  A prefeitura também já iniciou a confecção e distribuição de máscaras para doar à população carente da cidade.

No município, também foi inaugurado o Hospital da Campanha, onde são tratados os pacientes leves e intermediários de Covid-19. São 57 leitos de baixa e média complexidade e 4 de emergência, que serão utilizados para pacientes que tiverem piora no quadro clínico e tiverem que ser transferidos para UTIs.

No sábado, 11, o prefeito Fernando Fernandes também informou que a Secretaria de Saúde usará a cloroquina no tratamento de pacientes diagnosticados com Covid-19 em Taboão da Serra. O medicamento, ainda de acordo com Fernandes, só será aplicado sob prescrição médica e com a autorização da família.

Comentários